Keep Pet >> Bicho de estimação >  >> cães >> Comportamento

Quais emoções os cães têm?


Se você já pronunciou frases como "Você feriu os sentimentos dele" ou "Ela está se escondendo agora porque está envergonhada", provavelmente passou um bom tempo tentando decifrar as emoções do seu cão. Embora presumir que seu amigo canino está sozinho porque está com raiva de você por recusar um petisco possa ser pouco mais do que um antropomorfismo clássico, estudos mostraram que os cães podem sentir emoções. As emoções exatas que um cão é capaz de sentir, no entanto, são limitadas a alguns poucos, e como medir as emoções caninas não é tarefa fácil, a ciência ainda pode não ter todas as respostas.

Medindo emoções em cães


Às vezes é difícil o suficiente reconhecer o que nós mesmos ou as pessoas mais próximas de nós podem estar sentindo, e é, sem surpresa, ainda mais difícil dizer o que nossos cães estão sentindo. Muitas vezes, os donos de cães recorrem à linguagem corporal e às pistas de comportamento do cão para decifrar a vida emocional de nossos cães, o que pode dizer muito, mas quem pode ter certeza de que estamos lendo os sinais corretamente? Um estudo, compartilhado pela National Geographic, usou scanners de ressonância magnética para medir como os cães respondem a coisas diferentes, como comida e elogios. O estudo mostrou que, quando apresentados a estímulos que provocam emoções positivas em humanos, o núcleo caudado, a parte do cérebro que se acredita conter a maioria dos neurotransmissores de prazer, se acende, indicando que a felicidade pode ser experimentada pelos caninos.

Além disso, um estudo de 2017 publicado na Animal Sentience revelou que, além da felicidade, os cães também podem ser capazes de sentir emoções como empatia. Em ambos os estudos, as emoções expressas pelos caninos foram feitas em relação às emoções percebidas, vistas na expressão facial e linguagem corporal, em outros, especificamente, humanos. Fora de uma máquina de ressonância magnética ou espaço de estudo fechado, os tutores de cães também podem usar a linguagem corporal de seus animais de estimação para decifrar como eles podem estar se sentindo em um determinado momento.

Emoções comuns observadas em cães


Na maioria dos casos, acredita-se que os cães sejam capazes de experimentar muitas das mesmas emoções que uma criança de dois anos de idade. Cérebros caninos, os maiores dos quais são do tamanho de um limão, são capazes de provocar uma série de emoções, as primeiras das quais incluem excitação e excitação, contentamento, estresse e até desgosto, de acordo com a Psychology Today. Além disso, sentimentos como medo, alegria e raiva também podem ser testemunhados em cães, assim como emoções óbvias como amor e carinho, suspeita e timidez. Essas mesmas emoções são vistas em crianças com menos de três anos de idade, e muitos humanos passam a desenvolver emoções mais complexas, como culpa, orgulho ou vergonha, a capacidade de aprendizado emocional de um cão pára antes de chegar a esse ponto.

Cães e emoção humana


Embora os cães possam não ser capazes de experimentar emoções humanas complexas, muitos deles possuem uma certa inteligência emocional canina que os torna ideais para oferecer apoio aos seus homólogos humanos. Nos últimos anos, os cães de apoio emocional tornaram-se cada vez mais comuns, embora devam ser prescritos a uma pessoa por um profissional de saúde mental, de acordo com o American Kennel Club. Enquanto alguns cães podem imitar ou combinar as emoções exibidas por seus homólogos humanos, os cães de apoio emocional geralmente têm um comportamento descontraído e calmo e proporcionam uma sensação de segurança para seus tutores, especialmente em momentos de ansiedade, tristeza e opressão. Os cães de apoio emocional não são animais de serviço treinados, embora o treinamento básico seja recomendado para permitir maior acesso aos espaços públicos.

Conclusão


Os cães certamente são capazes de experimentar e exibir emoções, embora sua capacidade de emoções seja limitada àquelas observadas em crianças muito pequenas. Emoções complexas, como culpa ou desprezo, ainda não foram medidas em cães, embora a pesquisa seja bastante limitada no momento. A linguagem corporal em caninos é a maneira mais fácil de medir emoções no dia-a-dia, com sinais comuns como abanar o rabo para representar excitação e pelos erguidos para representar defesa ou suspeita, entre muitos vistos em cães.

  1. Comportamento
  2.   
  3. Raças
  4.   
  5. Nomes
  6.   
  7. Adoção
  8.   
  9. Treinamento
  10.   
  11. Em-Pêlo
  12.   
  13. Saúde
  14.   
  15. Adorável
  16.   
  17. cães